Vasco, Fluminense e a realidade da queda

Publicado em 09/12/2013

Queda

Pela primeira vez na história dois gigantes do futebol do Rio de Janeiro, caíram.

Ou desabaram para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Vasco e Fluminense são o retrato da realidade de uma queda.

Carregam no histórico dos últimos meses, os tropeços que os levaram à segundona.

Salários atrasados.

Contratações erradas.

Venda de atletas importantes.

Falta de reposição.

E ambiente conturbado.

Este último, por vezes, gerado pelo conjunto da obra citado acima.

Mas, em muitos casos, causado por vaidade excessiva e falta de comprometimento.

Tudo isso poderia ser colocado para debaixo do tapete com uma vitória.

Com uma ‘escapada’ daquelas, suada e heróica na última rodada.

Só que a queda é inevitável quando a realidade bate a porta.

E foi o que aconteceu com dois dos maiores clubes do país, que não escaparam.

Vasco e Fluminense colhem o que plantaram.

Cada um com os seus erros.

Cada um com suas escolhas.

E os dois com semelhanças extra campo.

Dois mil e quatorze vem aí.

Não dá pra fugir da realidade.

É preciso curar as feridas e remediar os traumas.

 .

LEIA MAIS:

COMPARTILHE:


COMENTE: