Um grito de alívio

Publicado em 29/11/2015

cscXmac__1

Depois de meses de nervosismo e ansiedade, a torcida do Ceará pôde, finalmente, respirar aliviada. Com a vitória emocionante por 1 a 0 sobre o Macaé, o Vozão garantiu a permanência na Série B do Brasileirão. E o Blog do Pizzato estava lá, de perto, para conferir os bastidores do jogo decisivo entre Ceará x Macaé. E listamos 5 pontos marcantes do jogo épico entre essas duas equipes. Confira:

1 – A torcida do Ceará fez uma linda festa nas arquibancadas e incentivou o time para a vitória. 45 mil alvinegros marcaram presença no Castelão. Após o apito final, um grito de alívio e emoção. A festa, nas arquibancadas, parecia de título. E a conquista alvinegra teve realmente esse gostinho, depois de um rebaixamento quase inevitável.

2 – O desempenho do técnico Lisca foi espetacular nas 9 rodadas finais. Mais de 70% de aproveitamento, marca que nem o Botafogo alcançou na competição. Na entrevista após a partida, Lisca demonstrou muito interesse em renovar com o Ceará, mas disse que agora é hora de tomar uma cerveja, comer camarão e aproveitar um banho de mar.

3 – A redenção de Éverson também foi marcante. O goleiro do Ceará roubou a cena nos minutos finais de partida com duas defesas espetaculares. Se o Ceará tivesse sofrido o gol, hoje deveria estar na Série C do Brasileirão. Mas as intervenções do goleiro alvinegro fizeram o estádio inteiro vibrar como se fosse um gol.

4 – Na festa alvinegra, várias provocações ao rival, Fortaleza, que disputará a Série C pela sétima vez seguida em 2016. Nas frases ditas por jogadores e dirigentes, estava sempre presente o famoso: “Eu nunca fui da terceira”. E as Vovozetes trataram de fazer, digamos, uma homenagem ainda mais ousada. Deitaram no campo do Castelão formando um “7C”, para relembrar os setes anos do rival na terceira divisão do Campeonato Brasileiro.

5 – E o ingrediente mais presente no Castelão foi, é lógico, a emoção. Os minutos finais foram atormentadores para os dois times, Ceará e Macaé. Não era raro ver torcedores de joelho, com olhos fechados, roendo as unhas e até mesmo passando mal. Afinal, valia a permanência na Série B do Brasileirão.

Depois de meses na luta contra a degola, acabou o sofrimento da torcida do Ceará. E a torcida do Vovô poderá continuar dizendo que nunca foi da terceira. A reação incrível do Ceará Sporting Club será, sem sombra de dúvidas, lembrada por muitos e muitos anos!

COMPARTILHE:


COMENTE: