Sabe de nada, inocente! A surpresa Horizonte

Publicado em 21/03/2014

Cumpadre Washington

Vai, grita gol antes da bola entrar!

Corre, pra se esconder… de vergonha.

Mas, espera aí!

Vergonha de quê?

De perder um gol, ou perder um jogo?

Porque perder fora de casa por 3 x 1 não é o fim do mundo.

A não ser que você tenha desdenhado do adversário que é nitidamente menor.

O Fluminense fez isso com o Horizonte?

Não.

Menosprezou o Galo do Tabuleiro?

Não.

Está na hora de aceitar os fatos.

E entender que em campo, são 11 contra 11.

Notas de dólares e euros não jogam.

Nem valendo 60 vezes mais que o Horizonte, o Flu venceu.

Nada, nem uma dúzia de argumentos vão explicar o inexplicável.

Deu Galo!

Deu a lógica transloucada e pervertida que tanto gostamos.

Que transforma gigantes em nanicos.

Anônimos em famosos.

E nos permite querer ainda mais esse veneno futebol.

Viciante, apaixonante.

Irritantemente imperfeito na arte das adivinhações.

Provando dia após dia, que o homem não sabe nada de bola mesmo..

LEIA MAIS:

COMPARTILHE:


COMENTE: