O Fortaleza saiu no lucro

Publicado em 17/04/2014

Lucro

Avaliar o primeiro Clássico-Rei da final Cearense não é difícil.

Um primeiro tempo disputado e igual.

Um segundo tempo do Ceará.

E o Fortaleza saiu no lucro.

A conclusão se baseio em números, como os de conclusões.

Mais de 15 para o Ceará, contra 7 do Fortaleza.

Outros dados também apontam um Alvinegro mais agudo.

Como por exemplo os levantamentos na área.

Sem falar no pênalti marcado, mas não convertido pelo Vozão.

Cametá foi o protagonista do detalhe.

Protagonista do lance que poderia ter levado o Leão à derrota.

Saída de bola errada e infantil do lateral do Fortaleza, que na sequência fez o penal.

O lance foi com o Bill e o árbitro Avelar Rodrigo considerou falta na área.

Na cobrança, Magno Alves.

O melhor jogador do Ceará mandou pra fora.

Chutou pra longe a chance de aumentar a vantagem para o segundo jogo.

E deixou tudo em aberto para a próxima quarta-feira.

Novo empate ou vitória do Ceará e o título vai para Porangabussu.

Para a taça ficar no Pici é preciso que o Fortaleza vença.

E, assim, o jogo deve ser no mínimo bom.

Para assim, quem sabe, atrair mais o torcedor.

E passar uma borracha no péssimo público desse primeiro confronto.

Só 18 mil pessoas no Castelão.

E um vazio imenso nas arquibancadas e na consciência de quem pensa e assina o futebol local..

COMPARTILHE:


COMENTE: