Natal, férias e reflexões para 2015

Publicado em 24/12/2014

Fabio pensativo

Dezembro em parte é mês de férias mim. Hora de viajar um pouco, curtir a família e recarregar as energias para o que vem por aí. O Natal é o ponto de partida para reflexões a começar pelo nascimento de Jesus celebrado com festa e alegria, diante de tantos problemas do dia a dia que normalmente são embrulhados pra presente pelo menos até passar esse período. O que falta para a gente ser mais cordial e amigo o ano todo? O que é preciso para termos sempre o espírito natalino? Tipo, cuidar das árvores como cuidamos da árvore de natal, sorrirmos para o leite derramado na toalha nova ou mesmo comemorarmos um copo quebrado em 200 pedacinhos no meio sala. E no esporte? Mais gentileza com o torcedor rival, zêlo pelo patrimônio público, orgulho de uma derrota suada e vendida a preço incalculável – e não tô falando de grana – entre tantos outros sonhos de uma noite de Natal.

E o que esperar deste 2015 que já se apresenta? Vejo um cenário mais convidativo para o ousar, apesar da paleta de cores do nosso país estar cada dia menos colorida por conta da corrupção. Enxergo um algo mais pela janela do ano novo. Aquela janela da vida, recheada de tentações verbais onde falar mal, pode, mas não se deve. Onde vomitar informações sem critério e apuração não tem problema nenhum, porque “o que vale é receber cliques, querida”, já dizia Téo Pereira na novela Império. Prefiro continuar na curva dos ventos que levam à credibilidade, seguir navegando por águas calmas e límpidas do comunicar sem apelar. E assim, juntos, seguir em frente com alegria.

Não posso terminar esse texto sem agradecer à você que está lendo este post. Obrigado por me acompanhar sempre ou pelo menos por ter chegado agora, ainda em 2014, ao meu Blog. Muito obrigado também aos meus parceiros nesta jornada, como André Cavallari, Henrique Bittencourt, Unifor, Indaiá e Blinclass.

Feliz Natal e um 2015 arrasador como a Alemanha foi na Copa! Ops…

COMPARTILHE:


COMENTE: