“Geninhal” !

Publicado em 02/08/2015

Geninho1

O revés de três a zero diante do Bragantino encerrou um ciclo.

Geninho pulou do barco, com a ajuda da diretoria em Porangabussu.

Foram só oito jogos.

Apenas duas vitórias.

Um único mês.

E nesse período, incontáveis demonstrações de não estar à vontade.

Geninho tem um baita currículo.

É um vencedor, sem dúvida nenhuma.

Mas no Ceará só durou uma chuva.

Viu inundar os planos de reação da equipe na Série B.

E nada de aparecer um bote salva-vidas de contratações.

Geninho pediu.

Tentou.

Esperou.

E percebeu que foi um erro aceitar o convite do Alvinegro.

Seu perfil como treinador não é compatível com o momento.

Mas, no aperto da tabela e na cobrança das arquibancadas a diretoria tinha que responder.

Tentou ser “Geninhal”.

Mas respondeu errado.

Não pelo nome do técnico, que, repito, é vencedor.

Mas pelo perfil, insisto.

Era hora de chacoalhar o grupo.

Tipo Capitão Nascimento, sabe?

Acordar quem aí está, já que não vem um novo time.

Uma contratação genial para recuperar o que deu errado.

E evitar o rebaixamento.

 

COMPARTILHE:


COMENTE: