E o dia ‘D’ foi assim…

Publicado em 31/07/2013

SergioGuedes_1

Foto: cearasc.com

A primeira impressão nem sempre é a que fica.

E quem foi ao Castelão na terça-feira(30), sabe disso.

Ao sofrer um gol no primeiro minuto de jogo,

o torcedor do Ceará levou as mãos à cabeça.

E viu um filme de terror passar.

Pior do que ele, torcedor, estava Sérgio Guedes.

O técnico não via um filme, ele vivia o terror.

Sabia que sua situação no clube estava ficando insustentável.

Mas, como um trailer, o susto passou rápido.

E uma nova história começou a ser contada quatro minutos depois.

E todo o enredo do filme foi resumido em 11 minutos.

Em três gols.

Em uma noite especial para o Ceará e seu comandante.

Ao vencer a Chapecoense por 3 a 1 no Castelão,

o Vozão não só derrubou o último invicto da Série B,

como ergueu a cabeça e viu que pode ir além.

Apesar de ainda ter muita gente reclamando do técnico

e de suas mexidas no time.

Sérgio Guedes respira e bem..

LEIA MAIS:

COMPARTILHE:


COMENTE: