Ceará camaleão

Publicado em 27/07/2012

PC Gusmão ainda busca a formação ideal no Ceará

Desde que começou o campeonato Brasileiro de futebol da série B, o técnico PC Gusmão tenta acertar o Ceará. Não só o posicionamento, mas também a escalação dos jogadores. O time que parecia ‘redondinho’ e foi campeão estadual no início do ano não se firmou na competição nacional.

Da primeira rodada da segundona pra cá, o treinador alvinegro só não mexeu no gol. No mais, fez alterações nas laterais por onde já passaram Márcio Careca, Eusébio e Apodi, na zaga defendida por Luizão, Thiego, Daniel Marques,  Potiguar e Vitor Hugo, no meio-campo disputado por Heleno, Éverton, Jardel, Régis, João Marcos, Juca, Robston, Rogerinho, Thiaguinho e Leandro Chaves e no ataque com Henrique Dias, Hugo, Itamar, Romário, Misael e Mota.

Foram pelo menos 24 jogadores utilizados na série B e até agora, PC Gusmão parece ainda não ter encontrado a formação ideal.  Contra o Paraná Clube neste sábado(28), o técnico muda de novo. Romário no lugar de Mota, suspenso. E Thiego na vaga de Luizão, por opção técnica.

Desde 1982 o Ceará não vence uma equipe paranaense jogando em Curitiba. Um tabu que já dura 30 anos. O retrospecto é melhor em casa onde o Vozão derrotou esse ano mesmo o Atlético-PR na série B por dois a um. Mas lá, no Paraná, a história é cruel. Será que desta vez, vai?

 .

LEIA MAIS:

COMPARTILHE:


COMENTE: