A briga, pelo olhar de Fernando Henrique

Publicado em 09/03/2013

“Quem nunca errou? Não sou má pessoa.” A frase é um desabafo do goleiro do Ceará que falou com exclusividade ao BLOG DO PIZZATO. Fernando Henrique conta detalhes da briga em que se envolveu esta semana e se diz vítima.

Foto: arquivo pessoal

Foto: arquivo pessoal

Quinta-feira, 07/03/13.

Fim de noite e o goleiro do Ceará está chegando em casa.

Fernando Henrique estaciona seu Mustang vermelho.

Desce com a namorada na garagem do prédio.

Ouve gritos e leva um soco na cara.

Começa a confusão que terminou na delegacia.

Tudo isso aconteceu depois da derrota para o Guarany, pelo estadual.

Mas não teve nada a ver com futebol.

E FH contou para este blogueiro, como foi a briga.

 

PIZZATO: Como tudo aconteceu?

FH: Eu estava saindo do carro na garagem com minha namorada e veio esse cara (o universitário Lucas Salton) em minha direção. Dizendo que eu estava cantando a mulher dele. Aí, ele disse o nome dela, que era minha vizinha mas há seis meses. Depois, mudei de endereço. Mas ele não me ouviu e começou a me agredir.

PIZZATO: O agressor é seu vizinho hoje no condomínio. Você já havia recebido ameaças dele?

FH: Não! Eu nem sabia quem era. Ele disse que estava esperando a mulher dele na garagem quando me viu, lembrou de umas mensagens na internet no ano passado e veio tirar satisfação. Imagina você descer do carro e vir um ‘louco’ te agredir do nada. Na hora eu nem sabia direito de quem ele estava falando.

PIZZATO: Então, você trocou mensagens com a mulher dele?

FH: Isso foi há seis meses. Só naquela época falamos e nunca tivemos nada. Faz uns cinco meses que eu não falo e nem sei onde ela anda. Mostrei as mensagens para a minha namorada, com quem convivo tem 4 meses. Ela viu e entendeu. Sabe que estou numa boa. Desde novembro nem sei o que é sair de casa e minha namorada não sai do meu lado.

PIZZATO: E como terminou a briga? Você se machucou muito?

FH: Não. Me machuquei muito pouco. Consegui chamar a polícia e o Anselmo (atacante do Ceará), que mora no mesmo prédio, chegou para apartar a briga. Com a presença dos policiais tudo se acalmou e fomos todos pra delegacia fazer um boletim de ocorrência.

PIZZATO: Você vai processá-lo? Fez o exame de corpo de delito?

FH: Sim. Fiz o exame e vou até o fim agora. Vou entrar com um processo por danos morais e agressão. Não fiz nada.

PIZZATO: Você não tem medo de ameaças ou uma nova agressão? Afinal, ele é seu vizinho…

FH: Não tenho medo, não. Foi um mal entendido. Ele devia estar transtornado, sei lá. Sou a vitima nessa história.

PIZZATO: E esse episódio pode te atrapalhar no Ceará de alguma forma?

FH: Não, nada vai me atrapalhar. Todos lá sabem da minha mudança. Os companheiros deram risada e eu levei na esportiva, afinal, eu brinco e perturbo todo mundo. Sou um bom profissional e o pessoal do clube me adora. Ajudo a  todos. Fiz uma ótima Copa do Nordeste. Ninguém pode falar do meu comportamento tanto dentro ou fora de campo.

PIZZATO: Mas, hoje há quem fale de você lembrando de outra briga no Rio de Janeiro que você teria se envolvido em 2010.

FH: Poxa, quem me conhece sabe quem eu era e a pessoa que estou tentando ser. O que faço hoje não é pra mostrar pra ninguém que estou mudado. O caminho que estou trilhando é na paz e com Deus. Fiz algumas besteiras no passado, mas quem nunca errou? Não é porque briguei no passado que sou uma má pessoa. A gente muda, anda na linha.

PIZZATO: Você se considera perseguido?

FH: Não. Mas as pessoas têm que saber das coisas antes de divulgar.

PIZZATO: Você não gostou do que leu ou viu nos jornais e na internet?

FH: É que vem um ‘doido’, faz essa confusão e um monte de gente que não sabe de nada, pega carona e fala besteira.

PIZZATO: Você treinou normalmente nesta sexta, treina sábado e joga domingo contra o Tiradentes?

FH: Jogo, sim. Normal. Não muda nada pra mim. Foi só um ‘soquinho’ (risos).

 

 

*Abaixo a nota de esclarecimento publicada na página do goleiro no Facebook:

 

Nota de Esclarecimento – Goleiro Fernando Henrique
Na madrugada desta sexta-feira, 08/03, o goleiro Fernando Henrique foi agredido por um rapaz. O atleta do Ceará Sporting Club estava retornando para a sua residência, quando foi abordado pelo agressor, que não deu chances de explicação ao jogador e partiu para cima, alegando que Fernando Henrique havia assediado a sua namorada.
Sobre o caso, Fernando Henrique se pronunciou:
“Eu estava chegando à minha casa, junto da minha namorada e logo no estacionamento do condomínio onde moro este rapaz partiu para cima de mim, falando sobre coisas que eu nem entendi na hora… Ele gritava dizendo que eu estava assediando a sua namorada, porém, eu o questionei e, após ele citar o nome dela, lembrei que havíamos sido vizinhos há seis meses, mas deixei claro que nunca aconteceu nada entre a gente.
Não tenho contato com essa moça desde que me mudei do prédio onde éramos vizinhos. Isso foi a prova do total descontrole deste rapaz. Tentei explicar toda a situação, mas essa foi uma tentativa frustrada, já que o rapaz chegou agredindo e não deu tempo para explicações. O atacante Anselmo, que mora no mesmo prédio que eu, estava chegando no mesmo momento e separou a briga.
Após o lamentável ocorrido, chamei a polícia e fomos para a delegacia, onde prestei depoimento e falei sobre o ocorrido, enfim, o que aconteceu foi um mal-entendido, na qual eu levei a pior, no entanto, não deixarei passar. Meu objetivo é processar este rapaz por danos morais, afinal, ele fez acusações graves sobre a minha pessoa, além de me agredir e denegrir a minha imagem em público.
Todos sabem da minha conduta e eu nunca arrumei problemas desde que vesti a camisa do Ceará. Em campo, vivo o meu melhor momento profissionalmente e pessoalmente também, afinal, estou me sentindo bem melhor do que nos anos anteriores, então, um caso como esse desmotiva e dá motivos para àqueles que não me conhecem falarem mal de mim.
Peço desculpas ao Ceará e ao seu torcedor pelo envolvimento nesta confusão, mas deixo clara a minha inocência, pois já namoro há quatro meses com a pessoa que me acompanha sempre e não tenho necessidade alguma de estar me envolvendo com outras mulheres.
Agradeço desde já a compreensão de todos e peço mais uma vez: ANTES DE DIVULGAR ALGO SOBRE ALGUÉM, BUSQUE SEMPRE OUVIR TODAS AS PARTES, COM O OBJETIVO DE EVITAR VERSÕES CONTRADITÓRIAS E MENTIROSAS”.
Fernando Henrique, goleiro do Ceará Sporting Club
08 de março de 2013

.

LEIA MAIS:

COMPARTILHE:


COMENTE: