2014, um ano especial para o futebol cearense

Publicado em 02/01/2014

Campo do Prado, 1927, onde foram disputados os primeiros Campeonatos do estadual

Campo do Prado, 1927, onde foram disputados os primeiros Campeonatos do estadual cearense

*Levantamento, por Henrique Bittencourt

 

Depois de um 2013 que ficou marcado pelo “quase” para os clubes cearenses, chega 2014. Ano para relembrar velhas conquistas, celebrar grandes datas, também de Copa do Mundo e por que não, ano do nosso futebol?

O Campeonato Cearense terá a sua 100ª edição, certame que começou no Campo do Padro (onde hoje se localiza o IFCE), com apenas quatro equipes e com a alcunha de Copa Metropolitana de Fortaleza. De lá pra cá foram 11 campeões (Ceará, Fortaleza, Maguary, Orion, América, Tramways, Ferroviário, Calouros do Ar, Gentilândia, Icasa e Tiradentes). A competição evoluiu e hoje conta com três divisões e vários estádios espalhados por todo o estado.

Os clubes do nosso estado também terão datas importantíssimas para serem relembradas e muitos objetivos a serem alcançados no ano que se aproxima. Veja:

Ceará: a equipe alvinegra comemorará o seu centenário, além disso, o time de Carlos de Alencar Pinto comemora 50 anos da sua melhor colocação na divisão de elite do nosso futebol (3º em 1964), outra data marcante são os 20 anos do vice-campeonato da Copa do Brasil e 5 anos do acesso à primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Para coroar tantas datas importantes, o alvinegro busca um tetracampeonato depois de 15 anos e um acesso à elite do futebol brasileiro.

 Fortaleza: o tricolor celebrará 10 anos do acesso que driblou o impossível no ano de 2004. É nesse espírito, que a equipe busca acabar com o seu maior jejum no século XXI, desde 2010 que não levanta uma taça. Além disso, os comandados de Chamusca irão tentar voltar à Série B do Campeonato Brasileiro, sonho da torcida do Leão.

Ferroviário: o time coral vai comemorar 35 anos do seu 6º título estadual, conquistado em 1979. E ainda os 20 anos da conquista de 1994, o que abriu caminho para o inesquecível bicampeonato. De lá pra cá, o tubarão da barra só acumula decepções e com a volta de Iarley, busca a fórmula para voltar a ser protagonista.

Icasa: a equipe de Juazeiro irá comemorar 5 anos do acesso à Série B em 2009. Triunfo que colocou o verdão no cenário nacional. Depois da bela campanha na Série B desse ano, o verdão busca a afirmação na temporada que se aproxima.

Horizonte: o Galo comemora 10 anos de fundação. Uma década e muita história para contar. O time horizontino busca voltar a disputar competições nacionais, Copa do Brasil (onde já enfrentou Flamengo e Palmeiras) e Série D.

Guarany de Sobral: pela primeira vez em sua história, irá disputar uma Copa do Nordeste, competição que dá uma vaga na Copa Sul-Americana.

Guarani de Juazeiro: será o 40º Campeonato Cearense que o Leão do Mercado irá disputar (juntando todas as divisões). Além disso, vale lembrar os 35 anos da bela campanha de 1979, quando o Guarani foi o 4º colocado no Campeonato Cearense (campanha superada em 2011, com o vice-campeonato).

Tiradentes: o Tigre disputará o seu 50º campeonato estadual (juntando todas as divisões). Depois de um ótimo 2013, com boa participação no estadual e na Série D do Campeonato Brasileiro, a equipe busca reeditar os bons resultados em 2014.

Crato: completa 15 anos do seu sonhado acesso à Série A do Campeonato Cearense (o primeiro). O azulão que também completa 5 anos do seu segundo acesso, busca continuar na elite e voltar a fazer uma boa campanha, como a de 2012 quando ficou na  5º colocação.

Itapipoca: a equipe comemora 15 anos da grande campanha no Campeonato Cearense de 1999, onde ficou com a 4ª colocação. Depois de passar pela Série B, o “Menino Danado” volta a elite do futebol alencarino.

Quixadá: vai comemorar 45 anos da sua primeira participação no Campeonato Cearense. Depois de duas temporadas na Série B, o Canarinho do Sertão volta à divisão de elite do futebol cearense.

Maguary: sim, o Maguary, o quarto maior vencedor do nosso futebol (com quatro títulos) celebrará 70 anos do seu bicampeonato estadual (1943 e 1944). A equipe se encontra na Série B do Campeonato Cearense e busca com muitas dificuldades, se reerguer.

Barbalha: Disputará a Copa do Brasil pela primeira vez em sua história. Além do certame nacional, a equipe do cariri, busca o acesso à Série A do Campeonato Cearense.

 

Henrique Bittencourt é estudante de jornalismo, estagiário do Globo Esporte no Ceará e apaixonado por estatísticas e história do futebol e de outros esportes também.

LEIA MAIS:

COMPARTILHE:


COMENTE: